Criação de uma residência de artistas “Eco-Friendly”, no conceito de arquitectura sustentável, vocacionada para o desenvolvimento de projectos de criação cultural e artística de referência Internacional. 

Espaço de acolhimento e de intercâmbio para profissionais de todas as áreas artísticas, entidades, criadores independentes, investigadores, curadores, artistas Portugueses e Estrangeiros que pretendam desenvolver livremente projetos criativos.

Maximizar a promoção das Salinas da Figueira da Foz, através da integração de um equipamento projetado no conceito da construção sustentável, segundo o qual pretende o município assegurar a integração desta iniciativa de turismo cultural de vanguarda nas redes internacionais de residências artísticas e nos circuitos turísticos e culturais da cidade.

O complexo é composto de estúdio de som; estúdio para as artes visuais; espaço comum de lazer; refeitório de apoio a refeições; núcleo de células de alojamento.

Arquitectura                                                      Atelier 220 e KHôZé architecture

Conceito, Imagem e conteúdos
Estratégia da economia criativa            Maria Sobral Mendonça (Artista plástica, Designer)


Salinas da Figueira da Foz

http://www.khoze.lu/

http://Instagram.com/mariasobralmendonza

 

 

 

share